10 respostas para as dúvidas mais comuns ao comprar um imóvel - Bergen Brasil

Blog

Bem vindo ao blog Bergen Brasil

10 respostas para as dúvidas mais comuns ao comprar um imóvel

apartamento à venda em sp

Crédito da imagem: Pexels

.

A aquisição ou um aluguel de um imóvel é um momento muito importante, e deve ser realizado com calma e muita análise.

Hoje em dia, acessar sites de imóveis é um recurso útil para quem está procurando um espaço para morar.

No entanto, ainda é comum que as pessoas tenham várias dúvidas sobre o processo de negociação, documentação, entre outros pontos pertinentes.
Ainda mais complexo é o fato de que os compradores  estão vulneráveis a fatores e influências externas, como promoções, abordagens comerciais agressivas, estratégias adotadas por corretores e imobiliárias para dirigir a atenção do comprador ao seu produto específico, panfletagens, midias sociais, opinião de “amigos”, e outras, que de alguma forma podem influenciar a compra de um imóvel que na realidade não é o ideal para aquele cliente em especial.

Em principio, a procura por apartamentos à venda em São Paulo,inicia pela análise de alguns fatores, como:

  • a localização adequada
  • o número de dormitórios;
  • o preço de mercado na região para um padrão similar de imóvel;
  • tipo e adequação da planta para o perfil do futuro morador.

Além destes, são vários outros detalhes a serem observados

Dúvidas que surgem na hora de comprar um imóvel 

Comprar um imóvel é uma grande responsabilidade para qualquer pessoa. Afinal, ela está adquirindo um local onde irá criar os seus filhos, fazer planos para o futuro, e será o seu lar por um bom tempo, com total influência em sua qualidade e estilo de vida.

Porém, se o comprador não tomar o devido cuidado e prestar atenção em detalhes importantíssimos, tal aquisição poderá resultar em um problema e até prejuízo.

Antes de efetuar a compra ou o aluguel de um imóvel, é necessário ter organização e planejamento para estar ciente dos principais custos para a realização dos negócios, como, por exemplo, a documentação e os impostos que deverão ser pagos durante o processo.

Sobre algumas dúvidas a respeito de imóveis à venda, iremos responder 10 perguntas básicas a respeito desse tema.

 

1 – Devo observar possíveis problemas estruturais do imóvel? 

Entre os transtornos mais comuns que podem atormentar quem almeja comprar um imóvel é possível citar os problemas estruturais.

Não dar a devida atenção para problemas como infiltração, defeitos na fiação, excesso de umidade, resulta em uma enorme dor de cabeça futura.

Sendo assim, ao observar uma casa, um sobrado, ou um apartamento, analise bem o estado de conservação do local e procure saber sobre sua estrutura.

Caso necessário, solicite o auxílio de alguém que entenda do assunto, como um engenheiro, um eletricista, ou outro profissional que possa elucidar alguns pontos importantes.

Quando visitar o imóvel, verifique também os horários de incidência do sol no ambiente, tal detalhe é muito importante para o seu conforto.

2 – Quais são os documentos que preciso apresentar para negociar um imóvel?

Os documentos necessários é algo que merece ser bem analisado.

De uma forma geral, os documentos básicos são:

  • RG,
  • CPF,
  • comprovante de endereço atualizado,
  • comprovante de estado civil
  • comprovante de renda (últimos extratos bancários, declaração de imposto de renda)
  • e, no caso de quem possui registro em carteira, os três últimos holerites.

Aqueles que utilizam o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) devem estar cientes de que necessitam disponibilizar o extrato completo do fundo de garantia.

Além disso, é preciso prestar atenção na documentação envolvendo a outra parte: o imóvel e o vendedor. O vendedor deve mostrar os documentos pessoais RG, CPF, comprovante de estado civil e o comprovante de endereço.

Já o imóvel deve conter a matrícula atualizada e o IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) para averiguar a titularidade e os débitos, caso eles existam.

3 – Qual é a sua melhor forma de pagamento?

Antes de efetuar a negociação, é necessário se organizar financeiramente para a aquisição do imóvel, pois os valores investidos geralmente não são pequenos.

O pagamento efetuado à vista é uma alternativa viável para quem pode juntar a quantia necessária e não quer se preocupar com dívidas, juros e parcelas. Porém, é para poucos.

O financiamento acaba sendo a forma mais utilizada para a compra de imóveis, mas em longo prazo deve-se considerar a taxa de juros praticada pelos bancos para a atualização do salso devedor.

4 – Vale a pena comprar um imóvel na planta?

Pode até ser uma boa alternativa conforme a análise do local e possibilidades de futura maior valorização, além de facilitar a forma de pagamento em mais longo prazo.

Além disso, o grande benefício é que o imóvel pode ser negociado direto com a construtora, bem como o comprador pode fazer exigências durante a construção, estipulando o layout de alguns ambientes, acabamentos, posição de luminosidade natural e outras questões.

Entretanto, para quem vive de aluguel pode ser mais difícil, tendo em vista que os gastos mensais serão ampliados até o imóvel ficar pronto.

5 – Como usar o FGTS na compra?

O FGTS pode ser usado para pagar a entrada (total ou parcial) ou pode ser utilizado para integralizar os valores em uma compra de imóvel à vista.

6 – Imóvel parece muito barato. Vale a pena?

É bom desconfiar de um imóvel com preço muito inferior à média, e consultar um corretor experiente, independente e confiável. Nesse caso, se há dúvidas a respeito da sua qualidade e procedência, não é vantajoso investir nele.

Nessa situação, vale consultar a documentação do mesmo, as questões de alvará, reputação da construtora ou proprietário e até mesmo as condições do terreno.

7 – O que saber sobre a região do imóvel?

É pertinente saber a respeito da proximidade de metrô, os estabelecimentos comerciais, pontos de ônibus, escolas, praças, opções de lazer, postos de saúde e demais estabelecimentos importantes.

Indagar os moradores sobre a tranquilidade do local também é válido. Além disso, indague sobre plano diretor e possibilidade de modificação de uso da região, pois o imóvel pode ser valorizado futuramente, ou desvalorizado.

8 – É válido fazer a negociação sozinho?

Sim, no entanto, é sempre recomendável procurar a assistência de um consultor especialista e independente. O ideal é que você conte com a assessoria de um único corretor experiente para orientar o processo desde o princípio, para sanar todas as dúvidas, evitando ser prejudicado na escolha do imóvel ou no processo de negociação.

9 – Quanto será gasto com a documentação?

De uma fora geral, as despesas envolvendo a documentação compreendem 5% do valor do imóvel.

Além disso, em revendas há gastos com o pagamento do ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Intervivos) e também com registros em cartório.

Por isso, antes de efetuar a negociação, é válido ter uma boa reserva em economias para atender esses gastos, seguros, e eventualidades.

10 – O que são a Tabela Price e o SAC?

A Tabela Price corresponde a um determinado tipo de financiamento que é realizado por meio de prestações fixas. Nesse caso, a maior parte da primeira prestação é constituída por juros.

Por outro lado o SAC (Sistema de Amortização Constante) mantém o valor abatido do financiado de maneira constante, resultando em um decréscimo nas parcelas ao longo do tempo.

A principal distinção entre ambos é que pela Tabela Price as primeiras parcelas são mais baixas.

Vale lembrar que nos dois sistemas o cliente está apto a quitar o saldo devedor durante o financiamento, evitando o pagamento de juros das parcelas seguintes.

 

Conclusão

Como pudemos ver, existem vários detalhes que devem ser analisados para a aquisição de um imóvel.

Porém, com calma, é possível efetuar um negócio bem pensado e vantajoso, evitando arrependimentos futuros.

Se você gostou dessas dicas, não se esqueça de repassá-las para os seus contatos e ajudá-los a fazer as melhores escolhas na sua próxima aquisição.

 

P.S.: Conte com a ajuda e experiência de um especialista

O mercado tem muitas nuances, oportunidades e detalhes, e para navegar neste mar de opções a ajuda de um especialista é fundamental. P ainda, marque uma conversa com nossos especialistas, entre em contato:

– por email, para sergio@bergenglobal.com,
– ou pelo whatsapp: +5511 99143-4536 ou http://bit.ly/BERGEN_WhatsApp (direto de seu celular).

Nos colocamos à disposição para orientar as escolhas, coordenar as visitas passo a passo até o sucesso das negociações e contratos.

A Bergen Brasil é a divisão local da Bergen Global, que tem mais de 10 anos de atuação nos Estados Unidos e Europa, e assim ajudamos pessoas tanto no Brasil como em outros países, a protegerem seu capital em bens de raiz, e internacionalmente em moeda forte, seja em imóveis ou negócios residenciais e comerciais, orientando na construção de um portfolio seguro para renda, ou uso próprio.

Importante saber que no caso de outros países, nossos corretores no exterior geralmente são brasileiros radicados e licenciados em cada região para serviços de apoio às visitas e negócios dos nossos clientes, pela maior facilidade de comunicação, pelo seu conhecimento das diferenças de legislação entre o Brasil e outros países.

Sergio Bergen

Consultor de investidores interessados em compra de imoveis para uso ou renda, no Brasil, Estados Unidos e Canadá, para fins de planejamento e gestão patrimonial, com foco na segurança, valorização, e geração de renda recorrente no longo prazo. Conta com uma rede de parceiros nas cidades mais procuradas do mundo, e profissionais com experiência em transações internacionais, de preferência que falam portugues, para orientar em aspectos de legislação, planejamento tributário, fiscal e sucessório, remessa de divisas, administração de propriedades.

Comentários

mautic is open source marketing automation